quinta-feira, 30 de março de 2017

A Maçâ de hoje em dia

Sou diferente, eu sei.
vejo tudo diferente.
sou maluco e louco também.
Como já dizia o homem da maça.

Você vive na Oligarquia.
Que chamam Democracia.
Nem imaginavam os Gregos.
Que a sua Democracia.
Viraria uma grande anarquia.

A monarquia económica te prende.
na alienação de ter
Fama, sucesso, coisas...
Somos escravos eu sei.
Vivemos na liberdade da lei.

Adornados em ouro.
vivem os deuses humanos
Faraós da sua escravidão.
escravos modernos do salário mínimo.
milénios de prisão.
nada difere do antes.
E os obeliscos abundam em praças.
dos adoradores pagãos...

O alien causa terror
invade nossa raça
Medo, xenofobia e desgraça.
Faz do mundo sem graça.

Mas lá naquela praça.
tem sempre aquela flor.
que disfarça
a grande farsa.

No silêncio ensurdecedor dos bons.
No barulho vazio dos tiranos
Em busca do pobre do urânio
Mau sabe lidar com a própria dor.

A maçã do pecado de outrora.
pecado dos homens santos do agora.
que satisfaz milhões de corpos agora.
A maçã de hoje em dia!?
É ser diferente no agora.

Letra inspirada para RAP ou Hip Hop by: Marcos Liotti

1 comentário: